Cioff Brasil

Conselho Internacional de Festivais Folclóricos e Artes Tradicionais ®

Grupo Bumba Meu Boi de Nina Rodrigues – MA

Este slideshow necessita de JavaScript.

       O Boi de Nina Rodrigues foi criado no Município de Nina Rodrigues, Antiga Vila da Manga, distante de São Luís 180 km, situado entre as margens dos rios: Preto, Munim e Iguará.

      A cidade de Nina Rodrigues, está intimamente ligada à História do Maranhão, pois foi em suas terras que no dia 13 de dezembro de 1838, iniciou-se um dos maiores movimentos revolucionários da época, a GUERRA DA BALAIADA, fato este que está presente em inúmeras manifestações culturais e artísticas do Povo do Município.

     Em 28 de março de 1989, com o intuito de preservar e resgatar os traços culturais e remanescentes do Município CONCITA BRAGA, inicia uma pesquisa dentro da Comunidade de Nina Rodrigues, para identificar qual das manifestações popular/cultural representaria com maior dignidade as histórias/estórias, os costumes e valores de um povo.

     Foi caracterizado como a mais tênue expressão artístico-cultural, o Bumba-Boi, surgindo assim o BUMBA-BOI DE NINA RODRIGUES ‘’BRILHO DA BALAIADA’’.

     O Bumba Meu-Boi de Nina Rodrigues, vem desde 1990 desenvolvendo junto ao povo maranhense, o resgate cultural através da música, poesia e da arte, na perspectiva de não deixar morrer a nossa história e a nossa cultura. Desde então, o Boi de Nina Rodrigues, com 25 anos de existência, gravou 05 vinis e 22 CDs, mantendo-se como “Modelo” para os demais grupos culturais em suas coreografias harmônicas e ritmadas, sendo pioneiros na introdução de novos instrumentos não utilizados até então em Bumba Boi de Orquestra, sem perder, no entanto, suas raízes preservando suas características regionais. 

       Em toda sua trajetória musical o Boi de Nina Rodrigues, no enriquecimento de sua musicalidade, convida Artistas Maranhenses para participar na produção musical de seus CDs, dentre eles estão: Josias Sobrinho, Rogeryo Du Maranhão, Djalma Chaves, Papete, Beto Pereira, Mano Borges, Cesar Nascimento, Humberto de Maracanã e outros, acrescentando ainda mais qualidade artística às gravações das mais belas toadas.

       Com qualidade musical reconhecida a nível nacional, quando uma das principais toadas de criação de Concita Braga, tornou-se Hino da Cultura Maranhense. A música “NORDESTE BRASILEIRO” é destaque em todo Brasil e parte do repertório de grandes artistas, levando à Rede Globo a pleitear os direitos de concessão da música para divulgação por destacar-se como maior representante da cultura nordestina e do Bumba Boi do Maranhão.

     Divulgação essa que levou o Boi de Nina Rodrigues a receber vários convites para representar seu estado pelo Brasil, participando de gravações importantes como o São João do Nordeste com a rede Record ocorrida no ano de 2012 na Praça Maria Aragão com transmissão pra todo o país e demais filiada no exterior.

      Permeada de tradição e inovação, o Boi de Nina Rodrigues traz não só em sua musicalidade, mas também em sua indumentária o retrato dessa cultura tão peculiar que se desenvolve em torno da lenda de Pai Francisco e sua esposa Catirina que grávida, deseja comer a língua do Boi mais precioso da fazenda.

      Com maestria, Concita Braga ilustra em suas indumentárias a beleza desse auto onde ainda no período de sua criação, apresentava um brilho especial na confecção de suas roupas utilizando materiais disponíveis na pequena cidade de Nina Rodrigues como penas naturais de aves da região e bordados ricos de cor e brilho.

     No crescente cuidado com a perfeição em seu trabalho, o Boi de Nina Rodrigues sempre foi destaque nas festanças Juninas com suas indumentárias cada vez mais belas, levando o público ao deleite visual e musical.

     Boi de Nina Rodrigues,  busca resgatar e valorizar acontecimentos históricos através da música, poesia e da arte, na perspectiva de não deixar morrer a nossa história e cultura.

%d blogueiros gostam disto: